Forró in the Dark

Atualizar um estilo musical tradicional e popular para uma audiência vasta e moderna não é tarefa fácil, mas é a proposta do grupo Forró in the dark (Forró no escuro, em português). Formada em 2002 por brasileiros radicados em Nova Iorque, a banda nasceu como uma brincadeira proposta por Mauro Refosco em seu aniversário, tocando forró numa casa noturna em East Village, bairro de Manhattan. Devido ao sucesso, a banda continuou seu trabalho como atração fixa e hoje tem 5 discos de estúdio gravados.

 

Misturando guitarras elétricas com pífanos e triângulos, elementos do jazz, rock e folk, a banda já se apresentou com artistas como Red Hot Chilli Peppers, Thom Yorke’s Atoms for Peace, Gal Costa e Bebel Gilberto. O cantor escocês David Byrne, fundador da banda Talking Heads, contribuiu com os vocais de uma reinterpretação de “Asa Branca”, clássico de Luiz Gonzaga, em inglês. Outro clássico, “Paraíba”, foi cantado em japonês por Miho Hatori, artista conhecida

por ter trabalhado em diversos grupos como Cibo Matto e Gorillaz.